Hotelaria

Durante períodos de crescimento ou incerteza, a Marsh pode ajudar sua empresa de hotelaria a reduzir seu custo total de risco, permitindo que você tome decisões mais estratégicas com confiança.

O aumento do turismo e da globalização ajudou a alimentar o crescente mercado de hotelaria.

Agora, em meio a restrições de viagem que mudam constantemente, hotéis e restaurantes estão enfrentando uma demanda desigual, capacidade limitada e incerteza contínua, tornando o orçamento e o planejamento financeiro mais desafiadores. A recuperação em longo prazo de empresas do setor de hotelaria exigirá a adoção de novos modelos operacionais, tecnologias e planejamento orientado por dados para prever tendências emergentes, tais como considerações de segurança aprimoradas e preocupações crescentes do consumidor.

O desempenho no setor de hotelaria depende muito do mercado e do tipo de ativo, tornando crucial uma abordagem mais individualizada para obter previsões. A Marsh tem mais de 800 especialistas dedicados em seguro de hotelaria e gestão de riscos, prontos para ajudar você a criar um programa de controle de perdas para antecipar e gerenciar riscos com mais eficácia.

Our expertise

Conteúdo relacionado

Perguntas Frequentes

O setor de hotelaria é uma categoria ampla, composta por diversos tipos de negócios. Qualquer modelo operacional que convide o público a se alimentar, dormir ou participar de uma atividade de lazer se enquadra nesta categoria, tais como:

  • Serviços de acomodação: hotéis, resorts de luxo, motéis, alojamentos, hospedarias e pousadas.
  • Restaurantes e lazer: restaurantes, bares, cinemas e spas.
  • Empresas de atividades: campos de golfe, aluguel de veleiro, aluguel de bicicleta, passeio a cavalo, esqui, parques de diversões e parques aquáticos indoor.

Devido aos diferentes riscos associados a cada uma dessas categorias, as empresas de hotelaria podem beneficiar-se de uma estratégia exclusiva de cobertura e gerenciamento de riscos criada para proteger os hóspedes, os funcionários, a propriedade e a geração de lucro.

As organizações dentro do setor de hotelaria precisam de cobertura semelhante às políticas comerciais padrão. Isso inclui áreas tradicionais de risco, como incêndio, roubo e vandalismo, e seguro patrimonial para a estrutura física da empresa.

No entanto, você também precisará considerar a cobertura para os aspectos mais exclusivos do seu modelo de negócios, como:

  • Interrupções nos negócios: o seguro contra danos a equipamentos ajuda você a voltar à operação o mais rápido possível caso algo pare de funcionar ou haja falta de energia elétrica, tempestade ou um desastre natural. Por exemplo, se o equipamento de refrigeração falhar e você tiver que descartar grandes quantidades de alimentos, esse seguro ajudará a reparar sistemas e a substituir os produtos perdidos o quanto antes.
  • Responsabilidade geral: este seguro inclui áreas de risco, como lesões e contaminação de alimentos, que são mais prováveis de ocorrer devido ao ambiente de um negócio de hotelaria.

Considerações adicionais devem ser levadas em conta em uma estratégia abrangente de gerenciamento de riscos, incluindo compensação obrigatória dos trabalhadores, responsabilidades relacionadas a bebidas alcoólicas e cobertura de segurança cibernética. Os líderes de negócios são aconselhados a avaliar seus modelos operacionais para identificar as principais áreas de vulnerabilidade.

Mudanças drásticas no comportamento do visitante, poder aquisitivo e expectativas dos consumidores, que afetam viagens de lazer e a trabalho, devem influenciar o setor de hotelaria nos próximos anos.

À medida que a percepção de segurança e de risco dos consumidores continua a oscilar, existem várias outras áreas de risco com as quais o setor de hotelaria deve lidar, incluindo:

  • Economia de compartilhamento: o aumento da popularidade de mercados de hospedagem on-line levou à canibalização significativa. Investimentos em novas amenities e oportunidades de viagens experimentais serão essenciais para capturar novamente a participação no mercado.
  • Falta de pessoal: as empresas de hotelaria devem identificar e enfrentar os problemas de salário e de satisfação dos funcionários, para aumentar a retenção e manter a qualidade de serviço esperada pelos clientes.
  • Tecnologia orientada ao hóspede: espera-se que a tecnologia seja incorporada em todas as operações como um meio de melhorar a experiência do hóspede. Além das atualizações, como chaves digitais e controles de sala, as empresas devem lidar com o aumento das vulnerabilidades de segurança cibernética, inclusive com tentativas de comprometer sistemas de reserva.

Os especialistas da Marsh dedicados à hotelaria podem ajudar os líderes de negócios a analisar os riscos e as tendências do setor, e a avaliar áreas de vulnerabilidade. Com base em nossa análise exclusiva, trabalhamos com você para elaborar um programa que gere as decisões certas de financiamento e mitigação de riscos para sua estratégia de negócios.