Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

Pesquisas & Informativos

Assistência Farmacêutica: Acesso a Medicamentos com Desconto, Controla Custo e Reduz Sinistralidade

 


Oferecer o benefício farmácia é imprescindível para qualquer empresa que deseja ampliar o acesso do trabalhador aos medicamentos necessários para tratamentos em complemento à assistência oferecida pelos planos de saúde corporativos. O PBM (Pharmacy Benefit Management ou Programa de Benefício Farmacêutico) tem sido a escolha assertiva das companhias que estão em busca de um programa estruturado, personalizado e eficiente para a concessão desta assistência.

A oferta deste tipo de benefício já está presente em um significativo número de empresas. Dados recentes da 27ª Pesquisa Anual de Benefícios Corporativos da Mercer Marsh Benefícios™ - Edição 2015, indicam que 35% das empresas oferecem o benefício e, dentre estas, 37% subsidiam o custo para a compra de medicamentos e normalmente este subsidio varia de 30 a 40%. 

A tendência é a de uma maior adesão das empresas a estes programas, disponibilizando ao trabalhador uma rede credenciada com abrangência nacional e medicamentos selecionados com descontos diferenciados por meio de abatimento em folha. Além disso, as empresas podem estabelecer níveis diferentes de subsídios para os colaboradores por cargo, salário, filiais e para aqueles que fazem uso contínuo de alguns medicamentos, por exemplo.

O acesso ao benefício farmácia vem evoluindo nos últimos anos e para atender às demandas do RH, além de programas com modalidade financeira em pós-pagamento também foram criados produtos de pré-pagamento no mercado, o qual estabelece um valor fixo mensal, com coparticipação do colaborador e que permite uma melhor previsibilidade nos custos por parte da empresa.

Ao implantar um PBM, independente da modalidade de pagamento selecionada pela empresa, as informações de compra de medicamentos geram um banco de dados estratégico. As empresas podem cruzar estas informações com os dados do plano de assistência médica e desta forma conseguem identificar os programas de saúde a serem implementados, gerenciando a sinistralidade e melhorando como os resultados dos programas oferecidos.