Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

PESQUISAS E INFORMATIVOS

Seguros por Afinidade Contribuem para Formar Cultura de Seguro na Sociedade Brasileira

 


As recentes flutuações econômicas levaram o brasileiro a situações pouco vivenciadas nos últimos 15 anos. Baixas taxas de juros e controle da inflação, mas altos índices de desemprego. Fatores que trouxeram uma nova realidade para a sociedade. Neste novo cenário, alguns seguros tiveram papel importante na manutenção de renda e itens essenciais na vida dos brasileiros.

Enquanto o mercado segurador cresceu somente 6,8% em 2017, os seguros de perda de renda (prestamista: que quita totalmente ou parcialmente a dívida em caso de desemprego) cresceu mais de 20%.

Outro seguro que teve um crescimento expressivo foi o educacional (quitação das mensalidades em caso de morte ou desemprego), desempenho mais de 15% superior em relação ao ano anterior.

Há alguns anos, esses dois produtos de proteção pessoal e familiar eram “vendidos” para os consumidores. Hoje, já presenciamos um movimento das pessoas em busca desses seguros visando ter mais tranquilidade em caso de imprevistos.

E nessa mesma onda sobre a cultura de proteção, identificamos o aumento de vendas de outros produtos: roubo/furto de celulares e equipamentos eletrônicos, crescendo mais de 12% e de assistências voltadas a descontos em consultas médicas e odontológicos, como uma alternativa a perda do plano de saúde.

Os programas de afinidades têm papel fundamental na distribuição destes produtos, sejam através de cartões de crédito, bancos ou rede de benefícios, proporcionando acesso a eles em seus canais de relacionamento – com custos acessíveis e com cobrança mensal recorrente, gerando a fidelização de seus clientes.

Outro ponto que tem sido explorado por este segmento são os novos nichos de consumidores, com necessidades especificas e pouco exploradas, como os jovens e os seniores, através de canais mais digitais e com uma linguagem simplificada de comunicação.