Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

PESQUISAS E INFORMATIVOS

Empresas Necessitam de Expertise e Personalização que Fujam dos “Produtos de Prateleiras”

 


2018 iniciou deixando para trás um ano recessivo. Período em que muitas empresas passaram a renegociar seus contratos de seguros em busca de redução de custo. Isso exigiu do mercado uma abordagem mais especializada para revisitar clausulados, revisar das coberturas, reanalisar o custo total do risco e buscar soluções alternativas. Em momentos de redução de custos, é necessária uma atenção especial para que as empresas não optem por medidas de curto prazo, como cortes de coberturas essenciais ao negócio, sem que antes sejam dimensionados seus impactos e fiquem sem medidas compensatórias à proteção do risco.

O princípio de toda revisão passa por uma minuciosa análise das exposições a riscos da empresa, o que pode apontar não apenas uma necessidade de equalização do custo total do risco (TCOR), por meio da equação dos prêmios pagos, expectativas de perdas e investimentos em proteção, mas sim para ações de mitigação de riscos adicionais ou modelos de coberturas e seguros alternativos. Estes estudos apoiaram clientes nas revisões de limites, extensão de coberturas, franquias e decisões relativas a participação de cativas em programas de seguros, que em alguns estudos representaram mais de 30% de redução do custo do programa de clientes.

Na busca por soluções alternativas, o Seguro Garantia Judicial em substituição à fiança bancária, tem se mostrado um dos instrumentos mais aceitos por clientes e a expectativa é que a procura por esta ferramenta siga em alta, embora os resultados financeiros apresentados por algumas corporações em consequência do exercício fiscal anterior e o acúmulo de alguns tomadores, trazem um desafio adicional na obtenção de novas capacidades. No entanto, a demanda e oferta ainda é grande e com a nova legislação trabalhista, bem como com a possibilidade dos contribuintes de serem ressarcidos pela Procuradoria dos custos envolvendo o seguro garantia em execuções fiscais, poderão alavancar ainda mais a procura por este produto.

Novos produtos como o Cyber e o Paramétrico também chegaram ao mercado para ampliar o leque de soluções. A nova resolução, que põe fim ao limite da contratação obrigatória com mercado local e às limitações das operações de Resseguro intragrupo, também poderá trazer novas oportunidades a clientes na obtenção de melhores condições para o seu programa de seguros e melhorar o custo total do risco. Sendo assim, as soluções apresentadas devem levar em consideração o cenário econômico do cliente e sua indústria. O suporte especializado e o trabalho consultivo são primordiais neste momento de grande disrupção e transformações dos riscos. A mais recente edição do Relatório de Riscos Globais 2018 mostra que para 59% de quase 1 mil executivos, autoridades, acadêmicos e especialistas entrevistados, haverá uma intensificação dos riscos nos próximos anos.  As empresas necessitam de uma expertise mais ativa e personalizada para atender às suas demandas específicas, pois buscam soluções que fujam dos “produtos de prateleiras”.