Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

Pesquisas & Informativos

Seguro Ambiental aprimora Gestão de Risco nas Empresas

 


É imprescindível que a contratação do seguro seja conduzida por um profissional qualificado, com conhecimento técnico do produto e de mercado, para evitar  que em caso de sinistro a cobertura seja  prejudicada.

O grande desafio para o segmento de Seguro de Responsabilidade Civil Ambiental no Brasil ainda é cultural. Embora a conscientização ambiental tenha evoluído consideravelmente nos últimos 10 anos, a contratação deste seguro não é obrigatória e ainda é baseada em exigências contratuais ou determinação da matriz das subsidiárias brasileiras.

No que diz respeito à Legislação Ambiental, é válido salientar que a Lei Federal nº 6938 - Artigo 14, § 1º, a qual dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, indica que “...é o poluidor obrigado, independentemente da existência de culpa, a indenizar ou reparar os danos causados ao meio ambiente e a terceiros, afetados por sua atividade” . Esta legislação pode ser uma das premissas para a contratação do seguro ambiental por parte das empresas que utilizam substâncias poluidoras e onde o processo produtivo implique na geração de resíduos nocivos ao meio ambiente.

O Seguro de Responsabilidade Civil Ambiental é bem amplo. Além do reembolso por prejuízos decorrentes de danos materiais e corporais a terceiros, o seguro prevê o ressarcimento das despesas com custo de limpeza (clean up), incluindo avaliação, investigação, remediação e monitoramento ambiental, além dos honorários advocatícios para defesa do Segurado nas esferas civil e criminal. É possível ainda contratar coberturas adicionais, como Lucros Cessantes do próprio Segurado e Gerenciamento de Crise. Este seguro tem por objetivo minimizar e prevenir perdas decorrentes da paralização das atividades em função de uma condição de poluição, e garantir a continuidade dos negócios.

Em muitos casos as empresas têm dificuldade para responder a processos rigorosos de regulação e planos de remediação ambiental. Os serviços realizados por empreendimentos especializados e cujas despesas estão previstas no seguro,  são passíveis de reembolso ao segurado.

A exposição para riscos ambientais está presente em diversos ramos de atividade, até mesmo em operações simples, e podem passar despercebidas pelas empresas. Além do setor industrial,  outros segmentos também são afetados por este risco, como, por exemplo, o setor de transporte de produtos e resíduos perigosos, atividades relacionadas à construção civil e  operações portuárias, que especificamente exige apólice de seguro ambiental (Resolução Nº 2190 da ANTAQ) para o credenciamento de prestadores de serviços para retirada de resíduos de embarcações.

Embora hoje o acesso à informação seja muito simples, a falta de qualificação técnica para abordar o assunto com segurança e propriedade em clientes potenciais, limita a disseminação do Seguro de Responsabilidade Civil Ambiental no Brasil. As poucas seguradoras que atuam no segmento, operam com aceitação restrita para riscos de alguns setores e as taxas ainda são bem conservadoras. Em função do exposto acima, em alguns casos, os corretores buscam alternativas para colocação de riscos fora do Brasil para viabilizar a contratação de apólice adequada às necessidades do cliente.

Nos últimos anos houve o aumento da conscientização da indústria, impulsionada pelo apelo da sociedade e parceiros de negócio para a preservação do meio ambiente. Com isso, as empresas têm buscado proteção contra eventos indesejados, tornando o seguro ambiental cada vez mais abrangente.

O número de corporações ambientalmente conscientes está crescendo gradativamente. Trata-se de um segmento com grande potencial de desenvolvimento, em função da constante evolução da Legislação Ambiental, aumento da fiscalização pelos órgãos competentes e também pelo fato do seguro neste caso ser considerado uma ferramenta de gestão de risco.

Os últimos acontecimentos despertaram o interesse na contratação do seguro por empresas que demandam responsabilidade ambiental e consequentemente temos notado um aumento considerável nas consultas para a contratação do seguro, contudo, este número ainda é muito tímido considerando o potencial de mercado que existe no Brasil para o segmento.