Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

BLOG: RISK IN CONTEXT

Continuidade de Negócios Perante um Desastre Natural

Por Chandra Seymour 28 Setembro 2017

As recentes catástrofes naturais que afetaram tragicamente o México e Porto Rico deixaram a população local em um estado de crise. A magnitude destas crises e os esforços voltados para a recuperação são tão vastos que até o momento, não é possível medi-los completamente.

Os danos associados ao terremoto de 7.1 graus no México e o furacão Maria em Porto Rico são um lembrete da importância de desenhar, manter e executar planos de gestão de crise a nível corporativo, planos de resposta a emergências e planos de continuidade de negócios. Com esses planos estabelecidos, você pode oferecer um suporte maior aos seus colaboradores e a sua empresa durante uma crise. Ao fazer isto, você deve focar em sete áreas foco de ação:
 
1.  Gestão de Crises:
atue rapidamente e de maneira eficiente para implementar seu plano de gestão de crises para compreender proativamente os possíveis impactos às pessoas, propriedades e operações, e tome decisões sobre políticas/estratégias para abordar e gerenciar estes impactos.

2.  Comunicação de Crises:
as mensagens básicas e as comunicações aos seus colaboradores, clientes, investidores e veículos devem apoiar as estratégias e decisões de gestão de crises.

3.  Resposta a emergências:
Se sua empresa ou seus colaboradores estão próximos às áreas afetadas, a segurança das pessoas, a mitigação de eventos e a proteção dos ativos físicos são imperativos.  Dê prioridade a ações de resposta a emergências, tais como a necessidade de evacuar o local, a responsabilização por todos os colaboradores e a proteção da propriedade e ativos, além de estar preparado para manter frequentemente informados os altos executivos e a equipe de resposta a emergências.

4.  Ajuda humanitária:
o apoio durante e depois de eventos desta natureza deve incluir ajuda física, social, emocional e financeira, sempre que necessário. Os serviços de assessoria profissional e de apoio são um exemplo de como você pode ajudar seus colaboradores; enfoques mais criativos incluem dar tempo livre para que possam efetuar reparações em suas casas, oferecer os suprimentos necessários ou convidar os representantes de seguros para que possam entender como gerenciar seus sinistros.

5.  Continuidade comercial:
manter a operação de seu negócio é uma preocupação-chave, uma vez abordados os assuntos relacionados ao seguro. Os planos devem contar com gerenciamento e um processo logístico com o foco em continuar ou retomar e recuperar funções comerciais essenciais interrompidas. Isso deve incluir o apoio coordenado entre a sede corporativa e os escritórios locais.

6.  Recuperação de sistemas e informática:
a recuperação deve incluir a garantia de disponibilidade de redes, aplicativos e dados. Isso ajudará a manter a continuidade do negócio, possibilitando que os colaboradores trabalhem em casa e outras estratégias.

7.  Retorno ao trabalho:
é essencial comunicar esforços de resposta de emergência aos colaboradores e outras às principais partes interessadas. Mantenha os colaboradores atualizados frequentemente de quando você planeja reabrir o negócio, considere retornar em turnos prioritários e facilitar a comunicação bidirecional para determinar quando sua equipe pode retornar ao trabalho.

Os efeitos do terremoto no México e do furacão Maria em Porto Rico sobre as pessoas e empresas foram trágicos e provavelmente durarão algum tempo. Lembre-se que sempre é importante aplicar as lições aprendidas nestes tipos de eventos para minimizar, na medida do possível, os impactos em seus colaboradores e operações.

Temas relacionados:  Marsh Risk Consulting