Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

BLOG: RISK IN CONTEXT

Operação Barter no Agronegócio

Por Edinaldo Martins de Oliveira 25 Setembro 2018

Vocês sabiam que mais de 20% do faturamento das empresas de grande porte no agronegócio são oriundos da Operação Barter, palavra de origem inglesa que significa troca, permuta ou escambo?

A Operação Barter teve início na década de 90 em negócios de compra e venda de soja na região do centro-oeste. Conhecida como “soja verde”, esta operação passou a ser um mecanismo de financiamento de safra através da troca de insumos, como fertilizantes, sementes e defensivos pela soja, sem que houvesse intermediação monetária.

Por facilitar as negociações e garantir mais crédito e liquidez ao produtor rural, este modelo se expandiu para as principais culturas do agronegócio (milho, algodão, café, entre outras) e até mesmo para equipamentos.

Grandes empresas fornecedoras de insumos, antenadas nesta tendência, aderiram à Operação Barter, que representa hoje mais de 20% de seu faturamento. Como garantia de recebimento dos grãos, as fornecedoras firmam contratos e, na maioria dos casos, recebe dos produtores a Cédula do Produto Rural (CPR), que lastreia a operação, transferindo a quantidade acordada da produção. Entretanto, é importante ressaltar que o CPR não garante a perda/quebra da safra, fazendo com que as empresas fornecedoras fiquem expostas aos mesmos riscos dos produtores.  

Diante disto, as empresas fornecedoras precisam mapear e avaliar suas exposições às ameaças à produção, as mesmas enfrentadas pelos produtores, para que possam desenhar as melhores estratégias para mitigarem ou transferirem seus riscos, como por exemplo, o Seguro Paramétrico que ajuda a proteger a produção contra os impactos das intempéries climáticas.

A tendência é que a Operação Barter se faça cada vez mais presente ao longo dos anos, devido às necessidades de crédito do produtor, criando um ambiente repleto de oportunidades, mas também cheio de ameaças e estar preparado será essencial para tirar o maior proveito deste mecanismo.

Temas Relacionados:  Agribusiness