Sentimos muito mas seu browser não é suportado pela Marsh.com

Para uma melhor experiência, por favor faça o upgrade para um dos seguintes browsers:

X

CENTRO DE IMPRENSA

Marsh e DATAGRO promovem evento sobre Abertura de Safra de Cana 2018/19

São Paulo   |   27 Fevereiro 2018

Segunda edição do evento apresentará a projeção de produção da próxima safra de cana em todo Brasil. Equipamentos Agrícolas: Cenário Atual, Riscos e Desafios também é tema de palestra na edição 2018 da Abertura de Safra de Cana. 

 

A cidade de Ribeirão Preto recebe no próximo dia 14 de março a conferência Abertura de Safra de Cana – 2018/19, o principal evento do setor que reunirá empresários e executivos de usinas, produtores e fornecedores de cana e lideranças políticas para debater desafios e apresentar análises inovadoras para a atual safra de cana.

O evento, que será realizado pela Marsh, líder global em corretagem de seguros e soluções inovadoras de gerenciamento de riscos e altamente especializada no setor Sucroenergético, em parceria com a DATAGRO, centro independente de excelência em consultoria e informação no agronegócio mundial, trará uma análise da expectativa da safra 2018/19; debates sobre os fundamentos do mercado mundial; novas tecnologias; financiamentos e serviços; regulamentação do Renovabio; e o papel do etanol e dos biocombustíveis para o desenvolvimento, energia e meio ambiente.

Dados da DATAGRO consultoria indicam que a produção da commodity deve recuar no Centro-Sul e o processamento de cana deve totalizar 580 milhões de toneladas.

Para a próxima temporada, a DATAGRO espera uma safra mais alcooleira no Centro-Sul, com a previsão de produção de 25,3 bilhões de litros de etanol, ao passo que a produção de açúcar deve passar das 36,4 milhões de toneladas previstas em 2017/18, para 32,6 milhões esperadas pela DATAGRO na safra 2018/19.

O evento contará com a presença de André Rocha, Presidente do Fórum Nacional Sucroenergético, Márcio Félix Bezerra, Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Marcos Rossi Martins, Chefe do Departamento BNDES, Plinio Mario Nastari, Presidente da DATAGRO Consultoria e o Prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira. Em sua última edição, o evento reuniu mais de 15 palestrantes e aproximadamente 400 participantes.

“É um evento que já se tornou referência no calendário do setor sucroenergético por apresentar tendências do mercado brasileiro e internacional, e também dada a sua importância e representatividade no PIB brasileiro”, diz José Zanni, Líder da Prática de Agronegócio da Marsh e um dos palestrantes da Abertura de Safra de Cana – 2018/19.O executivo da Marsh será um dos palestrantes no painel “Equipamentos Agrícolas: Cenário Atual, Riscos e Desafios”.

Segundo ele, com o advento da mecanização e proibição de queimadas, a utilização de equipamentos como as colhedoras de cana, passou a ser fundamental e consequentemente o aumento na transferência desse risco para o mercado segurador, uma vez que os custos de reposição se tornaram relevantes. Com o decorrer do tempo agravaram-se as condições de contratação do seguro para esses equipamentos por conta do aumento da frequência de sinistros.

“A operação no agronegócio é complexa e há uma diversidade de imprevisibilidades operacionais na indústria e equipamentos, preço, risco financeiro, políticas regulatórias”, afirma.

“Atualmente, muitas empresas do setor sucroenergetico estão enfrentando algum tipo de dificuldade, seja na contratação de seguros, ou mesmo na regulação de sinistros. O mercado segurador, que já acompanha a evolução e modernização do setor, ajuda as empresas a transferir os seus riscos garantindo o equilíbrio financeiro”, complementa Zanni.

A Marsh possui mais de 7 mil equipamentos segurados e conta com uma equipe de profissionais especializadas na identificação de soluções em seguros e gerenciamento de risco para os equipamentos.

Inscrições e Programação do evento
Data: 14 de março de 2018
Local: Espaço Golf, Ribeirão Preto
Horário: 9h00 às 19h00

Para mais informações acesse: http://www.datagroconferences.com.br/aberturadesafra/

Sobre a DATAGRO

A DATAGRO é uma consultoria agrícola independente, que produz análises e dados primários sobre as principais commodities agrícolas. Com mais de 35 anos de experiência, analisa os mercados de açúcar, etanol, energia, milho, soja, carnes, e suas relações com a economia como um todo. Concentra suas atividades em cinco escritórios – Alphaville/São Paulo, Ribeirão Preto, Santos, Recife e Nova York (EUA). Através de análises inovadoras e diferenciadas, fornece ferramentas para uma melhor compreensão do mercado, agregando valor ao posicionamento estratégico e comercial de seus Clientes.

A DATAGRO assessorou empresas privadas e governos em iniciativas relacionadas a planejamento energético (em etanol, gasolina e outros biocombustíveis), desregulamentação, integração e disputas comerciais no US-ITC e na OMC. Além disso, a DATAGRO trabalha continuamente para a diversificação da indústria agroenergética e o desenvolvimento dos biocombustíveis em diferentes países do mundo. A base de clientes da DATAGRO é formada por produtores agrícolas, trading companies, bancos, distribuidores de combustíveis, fornecedores de insumos, governos, fundos de investimentos, empresas de logística, e agências de informação de todo o mundo.

Sobre a Marsh
A Marsh,  líder global em corretagem de seguros e soluções inovadoras de gerenciamento de riscos, conta com 30 mil colaboradores que aconselham clientes individuais e comerciais de todos os tamanhos em mais de 130 países. Pertence ao grupo Marsh & McLennan Companies (NYSE: MMC), uma companhia global de serviços profissionais nas áreas de risco, estratégia e pessoas. Com receita anual de mais de US $ 14 bilhões e cerca de 65 mil colegas em todo o mundo,  a MMC ajuda os clientes a navegar em um ambiente cada vez mais dinâmico e complexo através de quatro empresas líderes do mercado. Além de Marsh, também são parte da MMC a Guy Carpenter, a Mercer e a Oliver Wyman. Siga a Marsh no Twitter @MarshGlobal; LinkedIn; Facebook; e YouTube, ou assine o BRINK.