Meios de comunicação

O conteúdo dos meios de comunicação enfrenta um grande escrutínio por parte das partes interessadas, levando a crescentes riscos de responsabilidade e processos judiciais. Ao combinar potentes soluções analíticas com informações estratégicas de mercado, podemos ajudar as organizações de meios de comunicação a identificar e gerir de forma eficaz estes e outros desafios de risco.

O setor dos meios de comunicação inclui uma gama diversificada de entidades e organizações, desde estações de televisão e organizações jornalísticas até fornecedores de conteúdos, empresas de transmissão de conteúdos, recursos de entretenimento online e websites. A natureza destas empresas está repleta de riscos, quer esteja envolvido como proprietário, distribuidor, produtor, parceiro ou criador de conteúdo associado. Estes riscos podem variar desde a cibersegurança e responsabilidade dos meios de comunicação até à proteção de jornalistas, funcionários e equipas que façam a cobertura de catástrofes naturais, momentos de instabilidade social ou eventos políticos.   

A melhor equipa de gestão de riscos de meios de comunicação da Marsh é composta por especialistas com uma vasta experiência industrial e conhecimentos especializados adquiridos ao ajudar os clientes a avaliar, analisar e gerir os riscos em várias áreas dos meios de comunicação. A nossa abordagem ajuda-nos a trabalhar em colaboração consigo para desenvolver um programa de gestão de riscos adaptado às suas necessidades, incluindo soluções de seguros adequadas e planos de contingência abrangentes.

Perguntas frequentes globais

As organizações de meios de comunicação são particularmente vulneráveis a acusações de calúnia e difamação, violação de propriedade intelectual e violações dos regulamentos de programação. Podem existir custos significativos decorrentes da retenção de aconselhamento jurídico e da defesa da organização (ou do próprio) contra estas alegações, muitas vezes na ordem de dezenas de milhões. 

Para proteger os seus interesses, seria boa ideia considerar investir numa apólice de seguro de responsabilidade de meios de comunicação abrangente, adaptada especificamente aos riscos e às necessidades da sua organização e dos seus colaboradores, tais como agências de publicidade, produtores, autores e editoras, emissoras, bloguers e influenciadores das redes sociais.

O seguro de responsabilidade de meios de comunicação é um tipo de apólice de erros e omissões (E&O) especialmente concebido para organizações de meios de comunicação. Ao contrário do seguro de E&O utilizado em indústrias do setor bancário e financeiro, o seguro de responsabilidade de meios de comunicação protege especificamente órgãos de comunicação contra alegações de difamação, invasão de privacidade, violações de direitos de autor, plágio, danos intencionais e muito mais.

Esta cobertura é normalmente adquirida por autores e editoras (incluindo bloguers online e influenciadores das redes sociais), emissoras, agências de publicidade e qualquer outra entidade que crie ou distribua conteúdo de meios de comunicação. Pode ser adaptada para proteger profissionais de meios de comunicação contra responsabilidade numa vasta gama de plataformas de comunicação, o que é especialmente útil, dada a forma como as informações são divulgadas atualmente, desde jornais, programas de notícias na televisão e podcasts até publicações no Facebook, Instagram, TikTok e Twitter.

Dependendo da estrutura empresarial da sua empresa de meios de comunicação, existe uma variedade de outros tipos de seguro que podem ser úteis. Estes podem incluir seguro de propriedade, cobertura de responsabilidade geral, cobertura de excesso de responsabilidade e agrupamento, E&O tecnológicos, planos que abrangem o risco de deslocação e transporte (se os funcionários estiverem a viajar para cobrir uma notícia ou evento), cobertura automóvel comercial e remunerações dos trabalhadores (se aplicável). Poderão também ser necessárias coberturas multinacionais para os riscos relacionados com os funcionários que viajam em trabalho para fora do país.

Uma vez que a natureza da criação de conteúdos de meios de comunicação pode ser bastante variável e diversificada, é importante trabalhar com um consultor de confiança, como a Marsh, para compreender as suas exposições aos riscos e criar um plano para fazer a sua gestão.

Ter acesso a consultores experientes em gestão de riscos pode ajudar as empresas de meios de comunicação a protegerem-se de situações indesejadas que podem revelar-se financeiramente devastadoras ou altamente prejudiciais à sua reputação. Os gestores de risco no setor dos meios de comunicação devem ter um conhecimento sólido e atualizado sobre a indústria, bem como uma rede de ligações estabelecida para contactar em nome dos seus líderes empresariais, colaboradores ou clientes.

Uma vez que os meios de comunicação estão a evoluir a um ritmo acelerado, é benéfico ter a opinião de consultores, como a Marsh, que estão familiarizados com as tendências da indústria e podem ajudar a identificar exposições anteriormente não reconhecidas, bem como oportunidades para gerir os riscos de forma mais eficaz.