Obras de arte e bens patrimoniais

Os bens patrimoniais fazem parte de um mercado de seguros de nicho que protege bens altamente valiosos, como obras de arte, joias, dinheiro e criptomoeda. Os nossos corretores especializados trabalham com seguradoras para desenvolver soluções personalizadas que podem proteger os ativos até ao respetivo valor total.

O clima económico global registou taxas de juro baixas, uma inflação crescente e um aumento do valor de ativos como ouro, arte e artigos colecionáveis. 

As notas bancárias, obras de arte, joias, metais e pedras preciosas, vinho, carros clássicos, recordações, filmes clássicos, coleções de história natural, antiguidades, mobiliário e têxteis são bens valiosos altamente procurados que necessitam de proteção, quer estejam a ser transportados ou em qualquer instalação. 

Num mundo cada vez mais digital, as criptomoedas, a arte digital e a classe de ativos emergente de tokens não fungíveis (NFT) também podem ser adicionadas a esta lista. Desta forma, as marcas de luxo podem continuar a registar aumentos nas vendas. 

Todos estes aspetos indicam que os artigos valiosos estão em risco de ameaças físicas e digitais.  

A necessidade de flexibilidade e limites extremamente elevados reflete a importância da experiência na gestão destes tipos de ativos e exposições. Igualmente importante são os consultores e peritos especializados em reclamações.

Há 40 anos que a equipa de bens patrimoniais da Marsh utiliza o seu conhecimento especializado do mercado e da indústria para trabalhar com seguradoras de forma a criar soluções personalizadas de seguros de obras de arte e bens patrimoniais para organizações e indivíduos. 

Os nossos especialistas dedicados em bens patrimoniais podem fornecer as soluções de que necessita, quer explore, crie, armazene, venda, apresente, manuseie e/ou transporte artigos valiosos. Podemos ajudar a garantir uma cobertura de apólice inovadora que desafia os padrões do mercado e oferece um serviço de reclamações de alta qualidade e eficiente para responder a qualquer desafio de perda que possa experienciar.

Perguntas frequentes globais

Tendo em conta os valores associados às obras de arte e aos bens patrimoniais, estes ativos estão sujeitos a inúmeros riscos físicos e digitais. Noventa por cento de todas as perdas de bens patrimoniais são causados pelo roubo de funcionários e 90% das perdas de obras de arte são causadas por danos acidentais. Outras causas de perda incluem: roubo, desaparecimento misterioso, danos causados por incêndios ou inundações, riscos cibernéticos, transferência de fundos eletrónicos e transporte. 

A Marsh trabalha com diversos consultores especialistas externos para compreender detalhadamente os riscos e, em seguida, apresenta o risco a seguradoras específicas, a fim de obter uma apólice de seguros adequada a si.

O seguro de obras de arte e bens patrimoniais protege obras de arte, metais preciosos, dinheiro e propriedades de valor elevado, quer estejam em instalações ou em transporte, contra perdas físicas ou danos.

A cobertura de seguro está geralmente disponível para as seguintes categorias de artigos valiosos:

  • ouro, prata, paládio e outros metais preciosos, desde a exploração até ao consumo
  • Fabricantes de joias, grossistas e/ou retalhistas 
  • Transporte de dinheiro
  • Obras de arte e artigos colecionáveis
  • Carros clássicos
  • Caixas automáticas
  • Criptomoeda e arte digital
  • Marcas de luxo

As apólices de obras de arte e bens patrimoniais fornecem, geralmente, cobertura contra "todos os riscos de perda física ou danos". No entanto, existem algumas exclusões limitadas, como:

  • Guerra e terrorismo 
  • Eventos nucleares, químicos e biológicos 
  • Fraude de proprietários
  • Risco cibernético

Quem adquire o seguro de obras de arte e bens patrimoniais depende da natureza dos artigos valiosos que explora, cria, vende, armazena, apresenta, manuseia e/ou transporta.

Os compradores podem incluir empresas, instituições financeiras, comércio retalhista e grossista, comerciantes, empresas especializadas logística, empresas de armazenamento, empresas de exploração mineira, museus, galerias especializadas, casas de leilões, universidades, bibliotecas, revendedores online, particulares e muito mais. 

À medida que os valores aumentaram ao longo dos anos, as organizações que, no passado, teriam protegido os seus bens valiosos com uma simples apólice de propriedade ou conteúdo estão agora a aperceber-se do valor da cobertura especialista de bens patrimoniais. 

As apólices de bens patrimoniais, criadas por corretores e seguradoras dedicados em bens patrimoniais, são muito mais flexíveis e proporcionam cobertura adaptada às necessidades dos compradores. Ao contrário de outras apólices normais, os textos das apólices de bens patrimoniais podem ser alterados conforme os requisitos e negócios de um cliente. A base da avaliação é definida ao valor de mercado à data da perda, acrescido de quaisquer outros encargos, conforme solicitado e acordado pelos subscritores. Mais importante ainda, as apólices de bens patrimoniais atendem às reclamações de uma forma que protege os bens valiosos dos compradores. Verificámos isso com universidades, bibliotecas, museus, minas, joalharias, bancos e muitos outros.  

Sim. Estas apólices podem abranger o transporte mundial de ativos.

A cobertura que pode adquirir depende do valor e da localização do ativo.

Com a nossa diversificada gama de produtos e experiência em várias indústrias, podemos ajudar a encontrar soluções de cobertura adequadas para proteger os bens valiosos. 

A Marsh tem muitas soluções de posicionamento proprietário que podem ajudar a obter uma cobertura até ao valor total dos ativos. Uma destas soluções inclui uma instalação da MMC reconhecida no mercado, que pode fornecer um limite de até 1,25 mil milhões de dólares americanos para qualquer localização. O acordo para esta cobertura é necessário apenas por dois subscritores, o que significa que podemos frequentemente fornecer um orçamento e alocar a cobertura em 24 horas.