Atualizações do Mercado Mundial de Seguros

Preços nos EUA, Q1 2022

O preço de seguro no primeiro trimestre de 2022 nos EUA aumentou 12% – uma leve redução na mesma taxa de aumento em comparação com os dois trimestres anteriores

Panorama of Chicago

Sinistros cibernéticos pressionam as linhas de serviços financeiros e profissionais 

O preço de seguro no primeiro trimestre de 2022 nos EUA aumentou 12% – uma leve redução na mesma taxa de aumento em comparação com os dois trimestres anteriores .

O gráfico representa a mudança nos preços compostos de seguros globais..

Os aumentos do preço do seguro de Property refletiam aqueles do quarto trimestre de 2021 em 7%.

  • O primeiro trimestre de 2022 foi o décimo oitavo trimestre consecutivo vivenciando taxas aumentadas, embora durante todo o ano de 2021 os aumentos tenham começado a ficar moderados.
  • Os clientes com sinistros significativos, assim como aqueles que mostravam qualidade de risco deficiente ou que tiveram exposição significativa a perigos de catástrofe secundária (CAT) – inclusive incêndio florestal, tempestade convectiva e inundação pluvial – de modo geral vivenciaram aumentos das taxas que estavam bem acima da média.
  • Os subscritores continuaram a investigar em detalhes a cobertura relacionada a determinado período de tempo contingente, em especial com respeito a fornecedores não identificados. As seguradoras continuaram a adotar uma abordagem rigorosa aos termos e condições, inclusive franquias, dano cibernético não físico, exclusões de doenças contagiosas e extensões do fator tempo. As seguradoras parecem estar administrando os tamanhos de suas linhas para perigos CAT secundários e apertando seus preços; assim, a capacidade foi reduzida de modo significativo, impactando negativamente os portfólios dos clientes que estavam predominantemente expostos a incêndio florestal.
  • Os clientes sem sinistros, com boa qualidade de risco e em setores procurados pelas seguradoras continuaram a perceber uma capacidade excedente, que de novo ajudava a mitigar os aumentos de preço e a deterioração dos termos da apólice.
  • A valoração tornou-se um ponto focal em praticamente cada renovação para todas as seguradoras, em particular com referência a questões sobre ambiente inflacionário atual, desafios da cadeia de abastecimento e carência de mão de obra. A experiência com sinistro em que valores ajustados do sinistro estavam bem acima dos valores relatados intensificaram ainda mais o foco das seguradoras sobre esse problema.

O preço do seguro de Casualty aumentou 4%, em linha com o quarto trimestre de 2021. Desconsiderando os acidentes de trabalho, o aumento foi de 6%.

  • O mercado competitivo de acidentes de trabalho ajudou a compensar alguns dos aumentos em responsabilidade civil de automóvel e responsabilidade civil geral.
  • As seguradoras demonstraram estar propensas a negociar as taxas de responsabilidade civil de automóvel e responsabilidade civil geral no intuito de assegurar linhas mais lucrativas de acidentes de trabalho.
  • O ritmo do aumento do preço do excedente de responsabilidade era similar ao do quarto trimestre de 2021 de 10%.

O preço das linhas financeiras e profissionais, impulsionado pelo seguro cibernético, aumentou 28% – uma queda do aumento de 34% do quarto trimestre de 2021.

  • O preço do seguro de responsabilidade de administradores e diretores (D&O) para as empresas negociadas em bolsa aumentou 3%, menos do que o aumento de 6% observado no trimestre anterior e continuando a queda do aumento de 10% no terceiro trimestre de 2021.
    • A capacidade adicional aumentou a concorrência nas camadas de excesso médias a altas.
    • As seguradoras também estão tomando medidas para baixar as grandes elevações visando reduzir os níveis de cobertura ao cotar as principais camadas e as primeiras ou segundas camadas de excesso. 
  • Critérios desfavoráveis acrescentaram pressão à cobertura fiduciária já contestada. As seguradoras continuam a aumentar as retenções mínimas e a implantar exigências de gestão de risco mais rígidas.
  • O preço do seguro cibernético aumentou 110%, em grande parte devido à remarcação e às novas subscrições de riscos cibernéticos.
    • A atividade intensificada da frequência e da gravidade dos processos contribuiu de modo significativo para os aumentos do preço.
    • Mais de 60% dos clientes absorveram retenções maiores para ajudar a compensar o impacto do prêmio.
    • A subscrição cibernética continuou a se concentrar no ambiente de controle de uma empresa e na maturidade da cibersegurança.
    • A guerra na Ucrânia exacerbou as preocupações referentes às exposições sistemáticas e ao risco de acumulação.
  • O preço do seguro das instituições financeiras (FI) aumentou 29%.
  • O preço do seguro de erros e omissões (E&O) aumentou 73%. Excluindo o seguro cibernético, o preço do seguro de E&O aumentou 12%.